Volta às aulas com programação intensa na Casa da Criança

Volta às aulas com programação intensa na Casa da Criança

Ansiedade e planejamento para retornar às atividades escolares

Nestes últimos dois anos de pandemia a rotina das crianças e adolescentes do mundo inteiro foi alterada. Para os acolhidos, as adaptações foram ainda mais intensas, como relata a equipe da instituição.  Boa parte do tempo os alunos tiveram aulas pela internet. Em outubro de 2021, os acolhidos voltaram a ter algumas aulas presenciais. Em dezembro, entraram em férias e agora, entre os dias 4 e 7 de fevereiro, os alunos se preparam para retornar à escola. Ainda em tempos de pandemia, a equipe do acolhimento da instituição realiza um planejamento específico, com foco na segurança, equilíbrio emocional, recursos necessários e na garantia logística para atender as diferentes escolas e horários de cada acolhido.

Além do acompanhamento diário, periodicamente, a equipe da instituição se reúne para avaliar a situação escolar e os anseios individuais. São identificados os pontos de atenção para redirecionar esforços, materiais necessários, programar reforço, cursos complementares de interesses deles como inglês, italiano, informática, programação, capoeira, técnica vocal, violão e até efetivação de parcerias de preparação para o mercado de trabalho. Para a pedagoga da Casa da Criança, Renata Damas, os acolhidos precisam de apoio redobrado para administrar a ansiedade e entender as mudanças impostas nestes últimos anos e agora, na expectativa de retomada das aulas presenciais.

“A ansiedade dos acolhidos em voltar às aulas presenciais é muito grande. Trabalhamos com um planejamento detalhado para buscar atender todas as demandas e garantir a proteção deles. Além de reforçar a importância do uso de máscaras e álcool gel, todas as crianças estão inscritas para receber a vacina, os adolescentes já receberam pelo menos a primeira dose do imunizante. Entre as etapas do planejamento estão contempladas as questões de material escolar, uniforme, transporte, passe escolar, treinamento para gradativamente ganharem autonomia, parceria com escolas, cursos, voluntários, participação nas reuniões de oito diferentes escolas, horário de estudo, socialização e aplicação pedagógica de toda rotina. Precisamos nos atentar a todos os detalhes para garantir a melhor adaptação das crianças e adolescentes, assim como acontece nas famílias que se preocupam com o crescimento dos seus filhos”, explica a pedagoga do acolhimento institucional da Casa da Criança.       

Para garantir que todos tenham os materiais escolares dentro do prazo indicado pelas escolas, a instituição receberá doações de itens novos especificados para cada acolhido. Os interessados em doar materiais, parceria para ofertar cursos e apoiar os projetos da Casa da Criança de Valinhos devem ligar 19 3871-0546 ou acessar o site casadacriancadevalinhos.org.br.

 

Sobre a Casa da Criança de Valinhos

Há 28 anos, a Casa da Criança de Valinhos, reconhecida com o prêmio Melhores ONGs do Brasil, Prêmio Vol - Voluntários e Selo de confiança DOAR (dois anos consecutivos), atua como a única organização de acolhimento institucional da cidade. Em parceria com a Prefeitura Municipal de Valinhos, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, oferecem três frentes de trabalhos sociais e culturais disponíveis à comunidade. Além do Acolhimento Institucional, apresenta o Acolhimento Familiar e o Projeto Janela aberta/Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que inclui também a parceria com a Secretaria de Municipal de Cultura e com a Secretaria Municipal de Esportes.
www.casadacriancadevalinhos.com.br