Fundo Cívico em prol da Santa Casa de Valinhos é proposto por empresários e voluntários

Fundo Cívico em prol da Santa Casa de Valinhos é proposto por empresários e voluntários

Enquanto funcionários da Santa Casa, que estão na frente da batalha, fazem campanha para que as pessoas fiquem em casa. Em outra frente o Projeto Apaixonados por Saúde e um Grupo de Empresário estão propondo a criação de um Fundo Cívico em favor da vida e contra o Coronavírus
Enquanto funcionários da Santa Casa, que estão na frente da batalha, fazem campanha para que as pessoas fiquem em casa. Em outra frente o Projeto Apaixonados por Saúde e um Grupo de Empresário estão propondo a criação de um Fundo Cívico em favor da vida e contra o Coronavírus

O que temos visto desde o início da pandemia da COVID -19 (coronavírus), são momentos de solidariedade. As pessoas saem nas janelas para aplaudir os profissionais da saúde, ajudam idosos com as compras, mas os hospitais precisam muito mais nesse momento, não basta aplaudir é preciso investir.

O Projeto Apaixonados por Saúde que atua diretamente com a Santa Casa de Valinhos e um Grupo de Empresários, estão propondo uma maneira para todos ajudarem ao hospital com a criação de um Fundo Cívico em favor da vida e contra o Coronavírus.

O Fundo Cívico vai receber doações destinadas ao pagamento de várias adequações no hospital, produtos básicos e essenciais, que não podem faltar agora e tudo está dez vezes mais caro e quase não se encontra, toda compra tem que ser à vista: álcool gel, máscaras, kits de segurança, respiradores, adaptações, etc., para atuação neste momento da pandemia do COVID -19 (coronavírus).

Todos os recursos serão gerenciados pela Instituição com acompanhamento de um conselho de apoio à gestão da Santa Casa, será um Comitê de Emergência, integrado por membros da iniciativa privada, que acompanharão a destinação dos recursos e ao fim da pandemia, se sobrar recursos, o Conselho apoiará e supervisionará o encerramento da conta e destinará o restante para melhorias específicas no hospital.

“A ideia é garantir à Santa Casa de Valinhos, a certeza do atendimento diferenciado e queremos que isso seja feito de forma transparente, a nossa sugestão para os que tem a possibilidade de doar 1% do salário e rendimentos e que se sensibilizem com a necessidade urgente e a consciência de que, se nós não nos prepararmos com antecedência, teremos um colapso social e muitas mortes”, destaca o coordenador da Mobilização de Recursos Pr. Hiran Pimentel.

“A necessidade dessa mobilização de todos nós neste momento, é porque a Santa Casa de Valinhos é um hospital filantrópico, não tem economias guardadas para que possa cobrir estas diferenças de preços por ocasião do Coronavírus e que são itens essenciais para salvar internados, funcionários, médicos e acompanhantes. Não haverá leitos suficientes em outros lugares do Brasil, precisamos cuidar do nosso hospital e do essencial, pois poderemos não ter como gastar o que deixamos de investir, pois se assim não fizermos, o Coronavírus, a muitos vai ceifar”.

A conta 13000654-8 está aberta para este fim no Banco Santander, Agência 3808 e quem não tiver conta bancária, para fazer transferência, um motoboy poderá buscar. O fone (19) 9 9362-1357 está disponível só para este serviço e também o email: apaixonadosporsause@santacasadevalinhos.com.br.

O Provedor Cláudio Tombetta lembra que toda ajuda nesse momento vai acudir o hospital e salvar vidas.  “O nosso modelo de gestão é transparente, todo valor doado é bem aplicado em itens que não podem faltar agora. Se tiver alguma dúvida pode ligar 99299-3640 e falar com Pr. Hiran Pimentel, ou baixe o aplicativo Apaixonados por Saúde"

Além disso o superintendente da Santa Casa, Fernando Pozzuto está fazendo várias adequações, treinamentos, e uma série de outras ações como a implantação das Vestimentas de Emergências com Hidrorrepelência para proteger os Profissionais da Saúde, pacientes e acompanhantes.

Legenda

Equipe de enfermagem período noturno da Santa Casa de Valinhos

Vestimentas de Emergências com Hidrorrepelência