Que mundo é esse?

Que mundo é esse?

Coluna Momentos

por pastor Rui Mendes Faria

Querido leitor, seja sincero, o que você acha do mundo em que vivemos? Ao longo dos anos, temos observado a complicação nos relacionamentos humanos. Não é mesmo? No campo social, temos que tomar muito cuidado ao fazer determinadas brincadeiras com aqueles a quem conhecemos, sob pena de sermos mal interpretados, processados, julgados e condenados.

Além disso, já não sabemos mais como devemos nos comportar perante as pessoas diferentes de nós, seja pela raça, condição social, intelectual, religião ou outra qualquer.  Por causa do avanço tecnológico, também observamos profundas mudanças no campo profissional. A vida está ficando muito chata, você não acha?

Creio que a grande causadora do desequilíbrio nos relacionamentos, seja a projeção de pessoas cujo discurso, exalta o ego, o orgulho e a vaidade. Estes, diariamente são enaltecidos nos meios de comunicação e nas mídias sociais por lançar ideias distorcidas sobre como devemos conduzir nossos relacionamentos. Que tal se todos nós, simples mortais, vivêssemos em humildade e equilíbrio?

Penso que nenhum ser humano deve ter um conceito mais elevado do que realmente ele é, pelo contrário, todos devemos viver com humildade, praticar o bem e cultivar relacionamentos equilibrados. Essa foi a maior lição que o nosso Senhor Jesus Cristo deixou: Viver humildemente e amar a todos, não importa o gênero, a etnia, a condição financeira ou qualquer que seja essa diferença.

Não faz muito tempo, lembro-me que todos nós convivíamos em paz uns com os outros. Fosse na escola, no trabalho, na rua ou na igreja, todos se respeitavam e não precisavam invocar a Lei para exigir os seus direitos. Que saudade!

Em nossos dias, vejo que tais preconceitos são puras invenções ideológicas, que vieram apenas para confundir e distanciar ainda mais as pessoas. Você percebe que vivemos em um mundo onde o afeto sincero, o abraço e a atenção estão em falta? A Bíblia em Romanos 12.16 diz: “Tenham uma mesma atitude uns para com os outros. Não sejam orgulhosos, mas estejam dispostos a associar-se a pessoas de posição inferior. Não sejam sábios aos seus próprios olhos.” Vale lembrar que o Deus que tudo criou, ordenou que nos amássemos. Amigo leitor, sugiro que ao invés de se afastar das pessoas que lhe são diferentes, você tenha a mesma atitude de Jesus, que se fez cervo e praticou o bem por onde andou e nunca esperou nada em troca. Sirva! Aproxime-se dos diferentes para os apoiar e servir, assim como fez Jesus. Ele é o nosso melhor modelo!

Se você pensa diferente, peço que ore! Busque no Senhor o equilíbrio, e procure viver em paz distribuindo afeto e humildade. Siga o exemplo de Jesus e o mundo será um lugar onde todos se respeitam e ninguém vive sozinho. “Bem-aventurados os humildes, pois eles receberão a terra por herança.” Mateus 5.5.

Que o Senhor Jesus abençoe a sua semana!