Páscoa - Um tempo de celebração

Páscoa - Um tempo de celebração

Momentos

com Pastor Rui Mendes Faria

Quando ouvimos a palavra “Páscoa”, que imagens vêm à nossa mente? Um coelhinho branco? Ovos de chocolate? Doces à vontade? Todas estas representações foram criadas pelo homem para celebrar um feriado, entretanto, nem de longe elas possuem relação com o fato histórico vivenciado pelo povo judeu.

A verdadeira Páscoa ocorreu quando os Filhos de Israel estavam sob julgo de escravidão no Egito. Naquele contexto, alguns dias antes do Senhor enviar a décima praga para libertar o seu povo, Ele mandou que cada casa tomasse um cordeiro sem máculas, macho, com um ano e o imolasse quatro dias depois. O sangue desse Cordeiro deveria ser passado nas ombreiras e nas verbas da porta, pois, assim, o anjo enviado para matar todo o primogênito egípcio não atingiria os judeus. Em outras palavras, a marca do sangue na porta afastaria a morte.

Você poderá encontrar a história completa da Páscoa barrada em Êxodo, capítulo 12. Nessa passagem, você verá que o Senhor determinou que esse ritual fosse repetido ano após ano, pois, sob os olhos da fé, a Páscoa era uma profecia da morte futura de Jesus. Ele, o Cordeiro de Deus, era puro e sem mácula, assim como deveria ser o animal imolado pelos israelitas (Êxodo 12.5). Além disso, do mesmo modo que o Cordeiro deveria ser observado do décimo ao décimo quarto dia do primeiro mês antes de ser morto (Êxodo 12.6), o filho de Deus permaneceu o mesmo tempo em Jerusalém sendo observado, quando foi, então crucificado. Por fim, semelhantemente, Jesus morreu no período da tarde, ou seja, na exata hora em que o Cordeiro deveria ser sacrificado pelos judeus (Êxodo 12.6).

Queridos, como você pode perceber, a Páscoa aponta diretamente para Jesus Cristo. Ele é o Cordeiro que tira o pecado do mundo, e por meio do seu sangue derramado na cruz, nos livra da morte eterna reservada àqueles que nEle não creem. Somente o sangue do Cordeiro de Deus pode nos limpar de todo o pecado e condenação.

Convido você a aproveitar essa data tão especial para que, enquanto saboreia um delicioso ovo de chocolate e curta o feriado prolongado, relembre o que o filho de Deus fez por nós para que fôssemos livres da morte eterna.
Que o Amor de Jesus Cristo e seu precioso sangue possa cobrir a vida de todos vocês e aproveito desejar uma feliz Páscoa.