Pai nosso, que estás nos céus

Pai nosso, que estás nos céus

Coluna Momentos

por pastor Rui Mendes Faria

Querido leitor, hoje quero falar sobre o significado da oração do Pai Nosso, feita pelo Senhor Jesus e registrada no Evangelho de Mateus 6.9-13:

“Eis como deveis orar: Pai Nosso, que estais no céu, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso Reino; seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aos que nos ofenderam; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém!”

Jesus fez esta oração com intuito de transmitir aos Seus discípulos, algo muito importante sobre o Reino de Deus, que por ser tão grandioso, foge a capacidade de compreensão da mente humana. Quando oramos o Pai Nosso, reconhecemos a grandeza de Deus e nossa total dependência d’Ele.

É comum vermos antes das partidas de futebol, os jogadores se ajuntarem para fazer essa mesma oração, mas quando vejo isso me pergunto: Será que eles realmente entendem o que estão fazendo? Orar o Pai Nosso é maravilhoso, mas entender seus ensinos e praticá-los é algo tremendo.

Ao visitar a loja de um árabe durante o Ramadã, mês sagrado para o Islã, observei que quando o relógio marcou meio dia em ponto, ele pediu licença a todos que estavam na loja, pegou um tapete, estendeu no chão e orou com todas as suas forças em submissão ao seu deus. Naquele momento meu coração se encheu de tristeza, porque há muito tempo que eu não via um cristão orar com tanta fé e convicção como aquele muçulmano.

Por isso, lhe pergunto: Quando você ora o Pai Nosso, compreende que Deus é soberano e Reina sobre todas as coisas? Sendo Ele o Rei, você entende que precisa se submeter à Sua vontade? Temo que por vezes, oramos o Pai Nosso por força do hábito e apenas repetimos as palavras que aprendemos.

Querido leitor, saiba que a oração do Pai Nosso foi a forma usada pelo Senhor Jesus para nos ensinar que o Reino do Céu pertence a Deus, o Criador de todas as coisas, por isso Ele disse: “Venha nós o vosso Reino”. Ele deseja que todos nós façamos parte desse Reino, mas para isso, é necessário nos submetermos à boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Perceba, que ao final, a oração fala da provisão diária de Deus para todo aquele que n’Ele crê; do perdão que Ele concede a quem se arrepende de seus pecados e também perdoa aos que lhe prejudicam, e dos livramentos do Senhor tanto das tentações como do mal que nos aflige. Não é incrível!

Veja! Vivemos dias de guerra, de pestes, de fome e de crueldade sem limites, e é muito importante saber que podemos nos refugiar no Reino de Deus. Ao nos submetermos à Sua autoridade, Ele é poderoso e fiel para nos guardar.
Uma semana de paz e de saúde a você!