Mãe

Mãe

Momentos

com Pastor Rui Mendes Faria

Querido leitor, amanhã celebraremos o Dia das Mães, uma data muito especial, não é mesmo? Certamente você deve ter ensaiado palavras de carinho para dizer à sua amada mãe, mas se ainda não comprou presente para ela, corre que dá tempo!

Brincadeiras à parte, não há nada que possamos dizer ou fazer para demonstrar realmente o quanto nós as amamos e o quanto somos gratos a Deus por suas vidas. Eu tive o prazer e o privilégio de conviver com minha mãe por sessenta anos. Dona Maria Luiza, uma esposa, uma mãe, uma avó e uma serva fiel e temente ao Senhor, que ensinou a seus quatro filhos, sobre a importância de andar com Deus e amar ao próximo sem querer nada em troca.

A Bíblia registra diversos exemplos de mães que foram motivo de orgulho para Deus e para suas famílias. No livro de 1 Samuel, capítulo 1, vemos o relato de Ana, uma mulher estéril que por sua fé e retidão, foi agraciada por Deus com o nascimento de seu primeiro filho, Samuel que se tornou um tremendo profeta e depois, Deus lhe concedeu outros três filhos e duas filhas.

No Evangelho de Lucas 1, lemos sobre Isabel, outra mulher estéril. A Bíblia diz que ela e seu marido eram justos diante de Deus e que viviam irrepreensivelmente todos os preceitos e mandamentos do Senhor, por isso, Ele mudou a história de sua vida fazendo-a mãe de João Batista, o profeta sobre o qual Jesus disse que entre os nascidos de mulher, ninguém é maior do que ele.

Não há como falar de bons exemplos de mãe sem falar de Maria de José, uma mulher segundo coração de Deus. A partir do verso 26 de Lucas 1, a Bíblia narra que Maria, uma virgem que achou graça diante de Deus conceberia em seu ventre a Jesus, o Salvador: “Descerá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus.” (Lucas 1.35).

Em todos estes relatos bíblicos, encontramos modelos de mulheres fortes, fiéis e tementes a Deus, que cumpriram sua missão exatamente como o Senhor lhes havia ordenado, preservando os princípios da fé que conheciam e obedecendo fielmente a voz de Deus.

Mas, além de falarmos de Ana, mãe de Samuel, Isabel mãe de João Batista ou Maria, mãe de Jesus, devemos falar da sua mãe, a mulher que Deus escolheu para te gerar e amar por toda a vida. Talvez, o nome da sua mãe seja Maria, como a minha, ou Fátima, ou Paula, ou Luíza, seja qual for o seu nome, tenho certeza de que ela te amou e se sacrificou muito para criar a você e a seus irmãos, caso você os tenha.

Com muito amor e dedicação, e por vezes, com lágrimas nos olhos, ela nunca te desamparou. Em seu coração, não há espaço para dúvida sobre o amor que sente por você; em sua mente, pensa continuamente em como agradá-lo; seus olhos e ouvidos estão sempre atentos às suas necessidades, e até mesmo às suas vontades. Você já percebeu isso?

Querido, caso algum tipo de conflito os tenha distanciado, esse é o momento apropriado para promover a restauração do relacionamento entre vocês. Creia no que eu lhe digo! Não perca essa oportunidade! Declare seu amor e sua profunda gratidão por tudo o que ela fez por você, e demonstre com gestos sinceros o quanto ela é importante em sua vida.

Caso sua amada mamãe já tenha partido para o Senhor, faça como eu, ore a Deus agradecendo pela maravilhosa mãe que Ele lhe deu e traga à memória as doces lembranças que ela lhe deixou.

Desejo a você, mãe, um feliz Dia das Mães
e a todos uma semana abençoada!