EATON projeta reduzir 50% das emissões de carbono até 2030

EATON projeta reduzir 50% das emissões de carbono até 2030

Estação de Tratamento de Água - Fábrica EATON São José dos Campos

EATON projeta reduzir 50% das emissões de carbono até 2030 e avança com certificações aterro zero em fábricas do Brasil

A EATON, multinacional de gerenciamento de energia, anunciou metas globais ousadas focadas no meio ambiente e sustentabilidade. Com a premissa de usar cada vez menos recursos naturais e realizar suas atividades de forma mais eficiente, a empresa projeta reduzir 50% das emissões de carbono até 2030. Entre os objetivos ainda está zerar a destinação de resíduos para aterros sanitários, garantir que todas as operações sejam carbono neutro e fazer com que 10% das fábricas não lancem efluentes industriais tratados em recursos hídricos, ou seja, assegurar o reuso da água, promovendo mais economia.

A redução de 50% das emissões de carbono equivale a 675 mil toneladas de gás que deixarão de ir para a atmosfera – o que representa a emissão gerada por cerca de 125 mil carros de passeio. Esse número está alinhado ao movimento global de limitar o aumento da temperatura da Terra. “Em médio prazo, as mudanças climáticas e os impactos ambientais causados pela atividade humana podem ser irreversíveis. Por isso, a EATON está comprometida em fazer sua parte para mudar esse cenário, colaborando ativamente na melhoria da qualidade de vida e do meio ambiente para colaboradores, clientes e futuras gerações”, comenta Cristiane Mota, diretora de Meio Ambiente, Saúde e Segurança da EATON da América Latina.

Para atingir as metas, a EATON tem como propósito fomentar projetos com eficiência energética e renovável, assim como fornecimento sustentável. Sobretudo, criar uma cultura de comportamentos sustentáveis em que os colaboradores também participem e multipliquem as ações para dentro de casa. Instalação de iluminação LED, uso de termostatos programáveis para reduzir o excesso de aquecimento ou de resfriamento, inversores de frequência para que os motores nem sempre estejam funcionando em máxima frequência, monitoramento de sistemas de ar comprimido para identificar oportunidades de aumentar a eficiência e plano de avaliação para identificar os principais usuários de energia, estão entre as iniciativas escalonadas.

Aterro zero, sustentabilidade mil

No Brasil, a EATON já conta com quatro fábricas com certificação aterro zero e avança para somar mais uma em 2022. No primeiro semestre deste ano, apenas 1,1% dos resíduos das operações brasileiras foram destinados para aterros sanitários. Isto vem sendo possível através da mudança de destinação dos resíduos para processos mais sustentáveis, como compostagem e coprocessamento.

Em termos de efluentes, a unidade de Valinhos, anualmente, reutiliza cerca de 730m³ de água por ano, o que representa aproximadamente 60 residências nas quais residem quatro pessoas. O volume médio anual de efluente tratado é de mais de 53m³ - quantidade que equivale a 21 piscinas olímpicas.

Sobre a EATON Corporation

Nós somos uma das maiores empresas de gerenciamento de energia do mundo, fornecendo soluções inteligentes que ajudam os nossos clientes a gerenciar energia elétrica, hidráulica e mecânica com mais segurança, eficiência e confiabilidade. Em 2020, as nossas vendas totalizaram US$ 17,9 bilhões. Diariamente, a nossa equipe de 85 mil talentos em 175 países se dedica constantemente a melhorar a qualidade de vida das pessoas e do meio ambiente. Saiba mais sobre nós em www.eaton.com.br.