Técnico da Bolívia usará 2 times para pegar Brasil e Argentina nas Eliminatórias

Técnico da Bolívia usará 2 times para pegar Brasil e Argentina nas Eliminatórias

La Paz

A seleção da Bolívia passará por uma situação incomum nos dois primeiros jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, que será no Catar. No final deste mês, os bolivianos enfrentarão Brasil e Argentina e terão um time diferente em cada partida de acordo com o que foi revelado pelo técnico venezuelano César Farías nesta quinta-feira.

O duelo contra o Brasil será no próximo dia 27, na Arena Pernambuco, no Recife, pela rodada inaugural das Eliminatórias. Quatro dias depois, em casa, o desafio contra a Argentina será no estádio Hernando Siles, nos 3.600 metros de altitude da capital La Paz.

Dando maior atenção ao segundo jogo, César Farías decidiu que escalará contra o Brasil um time formado em sua maioria por jogadores da seleção sub-23, que teve boa participação no Pré-Olímpico da Colômbia, em janeiro. E que contra a Argentina utilizará jogadores dos times de La Paz (Bolívar, The Strongest e Always Ready) e de Cochabamba (Jorge Wilstermann e Aurora), que estão mais adaptados à altitude.

"Joga a nosso favor que três equipes que estão em cidades com grandes altitudes são as mais importantes no país. Bolívar, The Strongest e Jorge Wilstermann e agora posso contar com o Always ready, que aspira competir em alto nível com uma grande quantidade de bons jogadores", disse o treinador em entrevista coletiva em La Paz.

A convocação será feita nesta segunda-feira e na quinta seguinte já será iniciado, em Santa Cruz de la Sierra, o período de treinamentos com os jogadores da seleção sub-23. O grupo que enfrentará a Argentina treinará em La Paz.

Na história, a Bolívia já disputou três edições da Copa do Mundo. Não passou da fase de grupos em 1930 (Uruguai), 1950 (Brasil) e 1994 (Estados Unidos).