Governo de SP anuncia ampliação do programa Vivaleite para 21 mil idosos em vulnerabilidade

Governo de SP anuncia ampliação do programa Vivaleite para 21 mil idosos em vulnerabilidade

Suplementação alimentar será entregue a moradores de abrigos e residenciais socioassistenciais por 60 dias
Suplementação alimentar será entregue a moradores de abrigos e residenciais socioassistenciais por 60 dias

O Governador João Doria anunciou nesta quarta-feira, dia 1º, a ampliação do programa Vivaleite para reforçar a nutrição de mais de 21 mil idosos residentes de abrigos e residenciais socioassistenciais. A suplementação proteica visa fortalecer essa população em reforço ao combate à COVID-19.

"Vamos ampliar um programa social de grande sucesso e atender pessoas com mais de 60 anos que têm necessidade de acolhimento, de assistência e de atendimento especial", disse Doria.

Os idosos acolhidos receberão 15 litros de leite por mês, enriquecido com ferro e vitaminas A e D, além de doses diárias de suplementação proteica para idosos doada pela Nestlé. A ação ocorrerá durante 60 dias, entre 6 de abril e 6 de junho.

“A garantia de segurança alimentar é ainda mais importante neste momento, pois fortalece a saúde deste grupo de risco que, além de estar em isolamento social, muitas vezes não tem mais vínculo familiar ou o vínculo já foi rompido, ou foram vítimas de violência”, afirmou a Secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Célia Parnes.

Para esta ação, o Governo do Estado recebe a doação de 77 mil latas de suplementação alimentar da Nestlé, em um valor de aproximadamente R$ 4,6 milhões. Cada idoso vai receber quatro latas de suplemento por mês.

Criado pelo Governo do Estado de São Paulo em 1999, o Vivaleite é o maior programa de distribuição gratuita de leite pasteurizado do Brasil. Cinco milhões de litros são distribuídos por mês a crianças de 6 meses a 5 anos e 11 meses, e idosos acima de 60 anos em estado de vulnerabilidade, especialmente famílias com renda mensal de até 1/4 do salário mínimo per capita.