Após 8 meses, Gabriel Medina volta com vitória na Liga Mundial de Surfe

Após 8 meses, Gabriel Medina volta com vitória na Liga Mundial de Surfe

Java Oriental, Indonésia

Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e Miguel Pupo começaram bem a sexta etapa da Liga Mundial de Surfe (WSL) e avançaram para as oitavas de final na madrugada deste sábado, em G-Land, na Indonésia. Italo Ferreira e Miguel Pupo também brilharam nas baterias desta madrugada e seguem adiante na competição.

Medina, tricampeão mundial, ganhou um destaque especial porque ficou fora da temporada para cuidar da saúde (física e mental) nos últimos oito meses. Neste sábado, marcou 11,70 pontos para superar o compatriota Samuel Pupo (8,20) e o australiano Callum Robson, 6,14.

Italo Ferreira, atual campeão olímpico, passou por Caio Ibelli (BRA) e por Jake Marshall (EUA) ao marcar 15,16 contra 9,67 do norte-americano e 6,53 do compatriota. Miguel Pupo obteve 12,77 e derrotou na sua bateria o havaiano Barron Mamiya (11,37) e o australiano Connor O´Leary (10,07).

Gabriel Medina sofreu principalmente com problemas particulares desde a Olimpíada de Tóquio em 2021. Neste período, ele se separou de Yasmin Brunet, brigou com o padrasto e técnico Charles Saldanha e também foi questionado por não ter se vacinado contra a covid-19, o que o fez perder uma etapa do Mundial também no ano passado.

"Aprendi bastante durante esse tempo que me afastei das competições. Sinto que estou 100% agora", afirmou Medina ainda antes de entrar na competição.

REPESCAGEM
Filipe Toledo foi para a repescagem e enfrentará o compatriota Yago Dora. O atual líder do Mundial marcou 10,80 e ficou atrás do indonésio Rio Waida (11,83) e o norte-americano Nat Young (11,66).

Dora, com 11,67, ficou atrás do havaiano John John Florence (13,94), atual vice-líder da temporada. O terceiro da bateria foi Kolohe Andino, dos Estados Unidos, com 7. Caio Ibelli vai enfrentar no mata-mata o sul-africano Matthew McGillivray. Samuel Pupo terá pela frente o veterano Kelly Slater, dos Estados Unidos. Jadson André, que ficou em segundo em sua bateria, encara Barron Mamiya.

DISPUTA NO SURFE FEMININO
A única brasileira da etapa é Tatiana Weston-Webb. Atual 10ª. colocada no Mundial, ela fez a melhor pontuação do dia com 15,17 pontos, superando Tyler Wright, da Austrália, que marcou 12,67, e Lakey Peterson, dos EUA, com 9,16.

Confira a classificação do Mundial de Surfe masculino:
1. Filipe Toledo (BRA), com 24.440 pontos
2. John John Florence (EUA), 23.375 pontos
3. Jack Robinson (AUS), 22.160 pontos
5. Italo Ferreira (BRA), 18.895 pontos
9. Miguel Pupo (BRA), 17.470 pontos
11. Caio Ibelli (BRA), 16.820 pontos