Galeria João do Monte completa 31 anos de história

Galeria João do Monte completa 31 anos de história

A Galeria João do Monte completou 31 anos de história no último dia 2. A Galeria, localizada na Rua Rui Barbosa, nº 130, foi idealizada e construída pelo artista João do Monte, que veio de Portugal para Brasil, se instalou em São Paulo, em seguida em, Piracicaba e depois chegou em Valinhos onde inaugurou um espaço destinado à arte.

Após a sua morte, em 1996, os seis filhos assumiram o compromisso de cuidar do local e manter um espaço reservado à cultura em Valinhos. “Ele trabalhou na cerâmica depois foi para a feira livre para vender roupas. Isso foi o ganha pão dele porque arte é meio difícil. Através da feira ele conseguiu construir a galeria”, explica Jacinta do Monte.

De acordo com a filha, João achava que tinha pouco espaço para expor trabalhos artísticos em Valinhos e havia muita burocracia. Por causa disso, ele decidiu construir um espaço próprio. “Ele dizia: Vou construir um espaço meu. E construiu o prédio. A galeria se tornou uma atração turística em Valinhos e tinha muito movimento, exposições internacionais, apresentação de joias e arranjos florais, coletivas da região. Muitos artistas foram apresentados na galeria”.

O acervo de João do Monte conta com mais de 3 mil obras de arte que estão expostas na parte superior da Galeria além dos presépios, obra de arte que consagrou e premiou João do Monte em algumas oportunidades. “Meu pai ficou 6 anos na galeria. Ali dentro está a história de Valinhos. Já recebemos muitas visitas de excursões de escolas para visitar o museu e interagir com a arte”, afirma.

Jacinta e os irmãos continuam cuidando do espaço. “Eu ganhei esse dom três meses antes do meu pai falecer. Eu fiz uma promessa para ele que eu ia cuidar e continuar. Sou insistente em manter a galeria aberta. É o coração, é amor ao pai e a família”. E ela também faz planos para o futuro. “Eu quero que tenha rotatividade, reuniões, apresentação de artistas, eventos”, finaliza.

 

+ Fotos: