Fabrício Bizarri

Fabrício Bizarri

em Gestão e Políticas Culturais pelo Itaú Cultural, em parceria com a Cátedra UNESCO da Universidade de Girona – Espanha e membro do Lions Clube de Valinhos.

Conteúdo relacionado - Autor - Texto Principal

Adoniran Barbosa, Grupo Versá e o Samba da Tia Rê

Após um longo período, retorno para falar de coisas boas, coisas que gosto muito. Porém antes de iniciar, gostaria de informar a todos os amigos leitores que desde a terça-feira, dia 1º, ficou para trás minha atuação como Diretor na Prefeitura Municipal de Valinhos e quero aqui, publicamente,expressar minha gratidão ao prefeito Orestes Previtale, por ter me dado a oportunidade de trabalhar para o seu governo nos sete primeiros meses de 2017. Desejo todo sucesso, que Deus o abençoe e a toda sua equipe, para continuar a fazer os trabalhos tão importantes para nossa cidade de Valinhos. Saio em função de uma nova oportunidade profissional que se abriu em minha vida.

Bem, como um admirador assíduo da obra de Adoniran Barbosa, desde criança, não poderia deixar de registrar o seu aniversário de 107 anos. Em 6 de agosto de 1910, nascia João Rubinato, o sexto e último filho do casal de imigrantes italianos, pelas mãos de uma das únicas parteiras de Valinhos à época, dona Augusta Antoniazzi. Elesaiu daqui por volta de 1920, para conquistar o Brasil, talvez o mundo, com sua musicalidade e irreverência, como Adoniran Barbosa. A todos, indico a leitura do livro “Adoniran, uma biografia”, de Celso de Campos Junior, para conhecer ainda mais a história deste grande mestre do samba paulista. Parabéns Adoniran, parabéns Valinhos!

De Adoniran aos dias atuais, quero também deixar uma mensagem de agradecimento e parabéns aos amigos do Grupo Versá, que ajudei a fundar e participo até hoje, e que também em agosto completa 15 anos de muito samba e muita música. O nome Versá vem da palavra “Versáteis”, pois na época, os integrantes tocavam vários instrumentos diferentes, com bastante versatilidade. Mas não posso deixar de mencionar, a identidade dada pelo nosso amigo e antigo membro, Thiago Lira da Cunha ao nome “VERSÁ”: Valinhenses Enriquecidos com as Raízes do Samba de Adoniran”. Pronto. Não preciso dizer mais nada. Somente expressar mesmo minha gratidão pelos amigos que pude fazer ao longo deste tempo.

E através deste grupo, desta união de amigos em torno do samba, também foi fundado o “Samba da Tia Rê”, que hoje chega a sua 30ª edição. Será um momento muito especial, para comemorar os“debutantesdo samba”. Tia Rê era a querida Regina Jesuino, que nos deixou há cerca de três anos e, como amante do samba raiz, sempre participou da trajetória do Grupo Versá, incentivando e inclusive cantando, por vezes, sambas consagrados em vozes femininas como Beth Carvalho, Clara Nunes e Nara Leão.

Assim, todos os primeiros sábados de cada mês o Grupo Versá e a Escola de Samba Arco Íris realizam o tradicional Samba da Tia Rê, e para hoje, dia 5 de agosto de 2017, faço o convite a todos, para participarem e comemorarem de forma especial esta data, a partir das 16 horas, na antiga Estação Ferroviária, onde funciona atualmente o Museu e Acervo Municipal “Fotógrafo Haroldo Ângelo Pazinatto”.