Clayton, Orestes e Tonetti homologam candidaturas

Clayton, Orestes e Tonetti homologam candidaturas

Marcos Araújo

Clayton Machado e Lorival formalizaram candidatura em convenção na segunda-feira
Clayton Machado e Lorival formalizaram candidatura em convenção na segunda-feira

As convenções do PTB e do PSDB na noite desta segunda-feira, 1º de agosto, definiram o último candidato que irá concorrer ao Palácio da Independência neste ano. Na Câmara Municipal, o PTB anunciou que irá apoiar o PSDB e abriu mão de lançar o empresário José Carlos Caetano. A definição em entrar na coligação majoritária do PSDB foi confirmada no final de semana. Até sexta-feira, o PTB adotava o discurso de lançar um candidato para concorrer à prefeitura, mas não anunciava um possível nome de vice e se iria se lançar sem apoio de outra legenda.
O PSDB reuniu os correligionários no Ginásio da Vila Santana e confirmou que Clayton Machado irá concorrer à reeleição. O vice será o vereador Lorival (PROS), que criticou a oposição.
No discurso, o prefeito Clayton Machado relembrou as obras que estão sendo realizadas no município após assumir a prefeitura em 2012 com uma dívida de R$ 50 milhões. “Todos que estão aqui é porque acreditam no nosso governo e amam Valinhos”.
A coligação para a eleição majoritária terá 18 partidos com PSDB - PR - PROS - PSD - PSB - PPS - PTC - PHS - PRB - PMB  - Solidariedade - PTdoB - Rede - PTN - PRP – PSC – PEN – PTB.
No fim de semana anterior, em 30 de julho, o PDT oficializou a coligação majoritária que estará com Alexandre Tonetti para a campanha eleitoral a prefeito neste ano. PT, PSOL e PCdoB são os partidos que apoiarão Alexandre Tonetti nesta segunda tentativa de concorrer à prefeitura.
A convenção definiu também que o biomédico e professor Alexandre Veronez será o vice de Alexandre Tonetti. “O Dr. Veronez é uma excelente pessoa, capacitado, graduado em biomedicina, pós-graduado em Gestão Educacional na Área da Saúde, professor universitário de graduação e pós-graduação, além de Delegado no Conselho de Biomedicina, ou seja, um grande valinhense, apto a ajudar a governar nossa cidade”, avaliou Tonetti sobre seu vice.
O primeiro a realizar convenção foi o PMDB, em 25 de julho. O evento confirmou a chapa pura entre Orestes Previtale para prefeito e a ex-vereadora Laís Helena como vice. “A expectativa é contar com a confiança de meus amigos, dos colegas educadores, de ex-alunos, de familiares e de todo o povo valinhense nas eleições, para que possamos atender, da melhor forma possível, aos anseios dos diferentes segmentos sociais assegurados em nosso Plano de governo, acreditando que Valinhos pode mais”, comenta Laís.
Ao lado do PMDB, ainda estarão PSDC – PSL – DEM – PP – PMN - PV.

 

Da Redação