Valinhos mantém liderança no ranking de transporte da RMC

Valinhos mantém liderança no ranking de transporte da RMC

Da Redação

A empresa Sou Valinhos, que opera o sistema de transporte coletivo na cidade, iniciou os trabalhos no final de 2016
A empresa Sou Valinhos, que opera o sistema de transporte coletivo na cidade, iniciou os trabalhos no final de 2016

Da Redação

Valinhos permaneceu na liderança do ranking de Transporte Público da Indsat. A pesquisa foi realizada nas 15 maiores cidades da Região Metropolitana de Campinas no 4º trimestre do ano de 2017. Com 55% de aprovação, os ônibus de Valinhos fecharam o ano sendo considerados os melhores da RMC.

A cidade alcançou 694 pontos nesse trimestre, 47 a mais que no último trimestre e 133 pontos acima do índice do final de 2016. Agora, o resultado é o melhor já registrado pela Indsat desde que as medições começaram a ser realizadas.

A empresa Sou Valinhos, que opera o sistema de transporte coletivo na cidade, iniciou os trabalhos no final de 2016. Desde então, ela vem realizando o serviço com 46 ônibus na cidade e vai trocar toda a frota, por ônibus novos, ainda no primeiro semestre de 2018. Para isso, já assinou um financiamento de R$ 16 milhões com a Caixa.

No início do ano, o Transporte de Valinhos chegou a obter 677 pontos, logo que a Sou Valinhos iniciou os trabalhos. No levantamento seguinte, esse número caiu para 638. O serviço, no entanto, voltou a conquistar Alto Grau de Satisfação no 3º trimestre.
Além do “ótimo” e “bom”, a Indsat leva em consideração as avaliações “regulares”, “ruins” e “péssimas”. O último levantamento de 2017 apontou que a reprovação do Transporte Público foi o mesmo já registrado no início do ano: 10%. No 2º trimestre, as avaliações negativas chegaram a 20%.

Os ônibus tiveram também 35% de avaliações “regulares”. A pesquisa mostrou também qual é a faixa etária dos moradores mais satisfeitos com o serviço. Entre os moradores com mais de 50 anos de idade, 61% disseram que o Transporte está “ótimo” ou “bom”.
 
Região
Valinhos registrou 32 pontos a mais que a 2ª colocada, Nova Odessa. A vice-líder conseguiu 47% de aprovação em Transporte o índice obtido foi o maior já registrado pela Indsat. Além disso, Nova Odessa quase recuperou a posição do ranking já conquistada no final de 2016. Naquele período, a cidade era a 1ª colocada.
Santa Bárbara d’Oeste foi a última cidade a receber Alto Grau de Satisfação em Transporte Público. O município ocupa o 3º lugar e recuperou a posição preenchida no início de 2017, apesar de ter sofrido queda duas vezes ao longo do ano.
A 4ª posição foi ocupada por Indaiatuba, cidade que subiu sete posições no ranking desde o início do ano. O município era o 11º colocado no 1º trimestre, posição que manteve no 2º levantamento do ano. No 3º trimestre, Indaiatuba passou a ocupar a 9ª colocação. O índice subiu novamente no final de 2017, mas, por três pontos, a cidade não alcançou o Alto Grau de Satisfação.