Projeto aprovado garante aulas do PROERD nas escolas

Projeto aprovado garante aulas do PROERD nas escolas

da redação 

Da redação

0s vereadores aprovaram, na sessão desta terça-feira (6), projeto de lei de iniciativa do vereador Israel Scupenaro (MDB), que institui como política pública em Valinhos o Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD). O objetivo é promover nas escolas e na comunidade ações voltadas à prevenção ao uso de drogas, à cidadania e à disseminação da cultura de paz. Assinam o projeto com Scupenaro, os vereadores Kiko Beloni (PSB) e Edson Secafim (Progressistas).

De acordo com o vereador Edson Secafim, as escolas municipais de Valinhos não estão recebendo há cerca de três semanas as aulas do programa, que são ministradas por policiais militares, fardados e devidamente treinados. “Quero manifestar o repudio à essa situação feita pelo Conselho Municipal de Educação em relação ao PROERD (...) que por causa de algumas diretrizes, na minha opinião, mal fundamentadas, querem parar um projeto importante do combate a drogas e violência”, disse.

Em discurso, o vereador e presidente da Câmara, Israel Scupenaro (MDB), enalteceu o PROERD e disse que não é possível quantificar em números o quanto o programa tem livrado as crianças e adolescentes das drogas. “Vi casos de jovens vendendo tudo por causa de droga. Famílias com situações assim. Prevenir é bem melhor do que remediar”, afirmou.

Scupenaro acrescentou ainda que participou de várias formaturas do PROERD e pode ver a alegria das crianças. “As crianças gostam dos policiais que estão lá ensinando. É extraordinária a forma como eles tratam os agentes (...). Elas entendem que o policial não está lá para fazer mal, mas para fazer o bem, para ser próximo, amigo da comunidade, que é o que a gente quer”, completou.

A vereadora Dalva Berto (MDB) elogiou o projeto e disse que a lei garante a continuidade do PROERD no município. “As crianças e adolescentes são prioridade porque são o nosso futuro. É um trabalho brilhante que tem sido feito não é de hoje, mas de muitos anos (...) A partir de agora, sendo lei, isso [o PROERD] fica sendo obrigatório na nossa cidade”, afirmou.
Com a aprovação do projeto, o texto segue para sanção ou veto do prefeito Orestes Previtale (MDB).

Infância sem pornografia

Outro projeto voltado à atenção com as crianças foi aprovado na sessão desta terça-feira. O texto de autoria dos vereadores Kiko Beloni (PSB) e Dalva Berto (MDB) cria em Valinhos a “Semana da Infância sem Pornografia”. A proposta é que anualmente, na segunda semana do mês de maio, sejam realizadas atividades educativas de conscientização e orientação sobre o combate ao acesso de crianças e adolescentes a conteúdo pornográfico.
“A internet é uma ferramenta fantástica, quando bem utilizada. Mas, manuseada de modo errado, tem possibilitado a erotização cada vez mais precoce das crianças. A erotização gera um prejuízo emocional irreparável”, justificou o vereador Kiko Beloni.
A vereadora Dalva Berto reforçou a importância do projeto. “O que vai mudar uma semana? Vai discutir, e muita coisa surge nessas semanas de discussão”, afirmou.
O projeto também segue para sanção ou veto do prefeito Orestes.