Chuvas provocam alagamentos, queda de barreira e muros

Chuvas provocam alagamentos, queda de barreira e muros

Rua 21 de Dezembro: tomada pelas águas
Rua 21 de Dezembro: tomada pelas águas

Defesa Civil, Daev, Bombeiros e várias secretarias municipais estão mobilizadas

Valinhos está enfrentando transtornos provocados pelas intensas chuvas que atingiram toda a região no início da noite desta sexta-feira (4). Defesa Civil, Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (Daev), Corpo de Bombeiros e várias secretarias municipais estão mobilizadas para atender moradores e liberar áreas afetadas. Houve vários pontos de inundação, queda de árvores, de barreira e de muros em diferentes pontos da cidade.

Equipes da Prefeitura estão percorrendo a cidade e trabalhando para reduzir os impactos das chuvas. A Avenida Invernada, que ficou inundada, estava liberada às 21h. Tratores do Daev estavam desobstruindo ruas do Vale Verde e também a Alcindo Marcon, onde ocorreu queda de barreira. Às 21h, a região central ainda estava com ruas inundadas. Houve registro de quedas de muros, inclusive do condomínio Sans Souci.

Ao lado da linha férrea, no Centro, o Ribeirão Pinheiros transbordou, atingindo vários veículos que estavam estacionados no local. A água chegou a cobrir a mureta e transbordar sobre a Avenida Imigrantes. Todo o curso de água até chegar ao Ribeirão Pinheiros foi afetado pela chuva intensa. Cidades como Vinhedo e Louveira também enfrentam problemas.

A Prefeitura de Valinhos não tem um balanço fechado dos estragos provocados porque as equipes da Operação Verão estão envolvidas no atendimento dos moradores e nos trabalhos em áreas afetadas.