Cata-bagulho em Valinhos atende 612 imóveis até esta quarta-feira

Cata-bagulho em Valinhos atende 612 imóveis até esta quarta-feira

da redação 

A operação cata-bagulho Jogue Limpo com Valinhos atendeu em parte desta primeira semana de atividade 612 imóveis. Esta quantidade é referente ao período de segunda (9) a quarta-feira (11), quando foram registradas 29 viagens de caminhões dos sete bairros atendidos até o entreposto de recolhimento. O trabalho prossegue até 27 de maio e irá percorrer 142 bairros da cidade.  O objetivo é dar oportunidade para a população se desfazer de maneira correta de eletroeletrônicos, colchões, sucatas, garrafas, latas e outros itens fora de uso e que são de difícil descarte.

Segundo o secretário de Obras e Serviços Públicos, Gerson Luís Segato, a operação é considerada um sucesso. “Estamos conseguindo cumprir as etapas do cronograma e não tivemos nenhum incidente”, disse. Ele alertou sobre a importância de a população fazer o descarte correto de lixo e entulho, para a preservação do meio ambiente e a prevenção de doenças transmitidas por mosquitos e animais peçonhentos.

“O descarte irregular de lixo é um problema sério enfrentado pelo município, e a operação cata-bagulho permite à população se desfazer de maneira correta desses materiais”, disse, acrescentando que a administração municipal estuda a instalação do primeiro ecoponto na cidade. “Ainda não temos data e local definidos, mas a ideia é começar com um primeiro e depois ir expandindo para outras regiões da cidade”, afirmou.

O cata-bagulho ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30, seguindo um cronograma por regiões. Somente no Centro ela acontece em um domingo, dia 27 de maio. A população pode ter acesso aos dias da operação nos bairros no site www.valinhos.sp.gov.br.

Carros de som estarão percorrendo as ruas da cidade sempre um dia antes e no próprio dia da ação para alertar os moradores e estimular o descarte consciente.

Além disso, os moradores serão informados por folhetos explicativos, além de material de divulgação em redes sociais e nos principais veículos de comunicação da cidade, do cronograma de visita aos bairros.

A recomendação é para que as pessoas coloquem os materiais nas calçadas na noite do dia anterior da operação no bairro. O objetivo é evitar que esses objetos e “bagulhos” fiquem muito tempo nas ruas.

Em caso de chuva forte nos dias da operação, a atividade será transferida para o dia seguinte.

Segundo a coordenadora da operação, Patrícia Érika Calegari, não serão recolhidos entulhos e restos de material de construção, galhos de árvores, lâmpadas fluorescentes e resíduos de processos produtivos de empresas.

A coordenadora explica que todos os materiais recolhidos irão para uma área de transbordo, onde serão prensados e posteriormente encaminhados para o aterro sanitário na cidade de Paulínia.

Neste ano, os bairros Parque Valinhos, Fonte Mécia, Frutal e Água Comprida foram incluídos na operação. As regiões do Macuco, Reforma Agrária e Capivari serão atendidas pontualmente, por meio de agendamento através dos telefones 3829-6012 ou 3829-6033. A mesma regra vale para os condomínios da cidade.

A realização da campanha Jogue Limpo com Valinhos é das secretarias de Obras e Serviços Públicos e da Saúde, em parceria da empresa Corpus Saneamento e Obras Ltda., que fornecerá os quatro caminhões a serem usados, além de motoristas e ajudantes. Ao todo estarão envolvidas na operação cerca de 30 pessoas.

A coordenadora informa que o descarte irregular de lixo, entulho e bagulhos em vias públicas, terrenos baldios e áreas verdes é proibido por lei municipal sob pena de multa.