Prefeitura de Vinhedo e Lions Clube lançam campanha para fornecer óculos a pessoas carentes

Prefeitura de Vinhedo e Lions Clube lançam campanha para fornecer óculos a pessoas carentes

A Prefeitura de Vinhedo, por meio do Fundo Social de Solidariedade e da Secretaria de Saúde, e o Lions Clube, em parceria com a Ótica Nove de Julho, lançaram nesta terça-feira, 14, um projeto que beneficiará pessoas adultas diagnosticadas com problemas visuais, em situação de vulnerabilidade social, que não têm condições de comprar óculos.

A primeira-dama de Vinhedo, Jaqueline Cruz, participou do lançamento do projeto, realizado na sede do Lions, localizada no Memorial do Imigrante. “É mais uma união pelo bem daquelas pessoas que mais necessitam, muitos precisando de ajuda, mas muita gente também disposta a ajudar. Agradecemos ao Lions por essa iniciativa”, salientou.

Também estiveram presentes ao evento diversos representantes do Lions, entre eles o presidente Ubiraci Bueno, a presidente do Fundo Social, Iolanda Dias, e representantes da Secretaria de Saúde e da Ótica Nove de Julho. Na ocasião, uma moradora recebeu um óculos adquirido por meio da parceria.

Por meio desta ação, serão arrecadadas armações usadas, em bom estado, em diversos pontos do município, onde serão distribuídas caixas de coleta, e a ótica parceira vai colaborar com o fornecimento das lentes. O encaminhamento será feito mediante triagem do Serviço Social da Secretaria de Saúde.

Ação com estudantes

Outra ação, lançada em junho, em parceria com o Rotary Club, envolvendo, além do Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura, também as secretarias de Saúde e Educação, a Óticas Carol, a Ophicinales e a Drogarias Maestra, o público-alvo são estudantes da Rede Municipal de Ensino que possuem problemas oftalmológicos e que necessitam de óculos.

A arrecadação de armações já vem ocorrendo e nos próximos dias começa um mutirão nas escolas de Rede Municipal, realizado pela Secretaria de Saúde, para identificar crianças com problemas de acuidade visual. Os alunos que apresentarem problemas serão encaminhados para exames mais específicos na Santa Casa de Vinhedo.

Confirmada a necessidade do uso de óculos, os pais dessas crianças que se declararem sem condições de fazer a aquisição serão encaminhados para o Serviço Social da Secretaria de Saúde,  que fará uma análise socioeconômica. Nesta primeira etapa, aproximadamente 70 crianças carentes serão beneficiadas.

 

Da redação