atirador invade igreja de Campinas, mata vários fiéis e depois se mata

atirador invade igreja de Campinas, mata vários fiéis e depois se mata

Globo News

No final da manhã desta terça-feira, 11 de dezembro, um homem entrou em uma catedral católica de Campinas, em São Paulo, fazendo vários disparos. Até a publicação desta reportagem, o atirador, que não teve o nome identificado,  teria assassinado quatro pessoas.

Após matar as 4 vítimas, o homem teria cometido o suicídio. De acordo com informações da Globo News, o atirador teria se matado em pleno altar, em uma missa.

Segundo informações de um site local, dos cinco mortos, quatro são homens e uma vítima do gênero feminino. Duas mulheres foram socorridas – uma de 25 anos  foi encaminhada para o Hospital Mário Gatti e a outra de 40 anos para o HC (Hospital das Clínicas), da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

O caso rapidamente virou um dos mais comentados da internet. A Globo News transmite ao vivo tudo e até às 14h15, no horário de Brasília, falava em pelo menos 11 pessoas feridas. O atentado à Igreja Católica acontece durante um dos períodos mais esperados para os católicos, o natal.

Atirador estaria entre os cinco mortos de atentado à Igreja de Campinas
Testemunhas que trabalham no entorno da Catedral contaram que ouviram entre 20 e 30 tiros em um curto espaço de templo. O clima foi de correria e terror ao redor da igreja.

O atirador estava com duas armas e entrou na Catedral na hora da missa. Assim que estava no templo, ele começa a atirar e vai caminhando até o altar, onde comete suicídio. 

Lembramos que, em casos como esse, informações são alteradas o tempo todo. Os bombeiros devem passar mais esclarecimento nos próximos minutos.