Retrospectiva da copa do mundo no Brasil

Passado o fervor da copa do mundo de futebol, voltamos os olhos para o nosso dia a dia. Muita coisa aconteceu neste período de 32 dias de jogos. São adolescentes resgatados em caverna na Tailândia, a nossa EMBRAER fazendo fusão com a norte americana Boeing. O craque português Cristiano Ronaldo, contratado pelo time da Juventus da Itália, gera descontentamento na fábrica FIAT que é parceira do time.
No Brasil, o preço do gás sofre novo reajuste, o Congresso Nacional discute projeto que permite criar mais 300 municípios. Deputados do PT criam plano para tirar Lula da cadeia, que não progride e coloca a justiça do Brasil em xeque. Na cidade do Rio de Janeiro o prefeito Sr. Crivella está em uma situação de possível impeachment.
Tratando-se de âmbito municipal, a Câmara Municipal de Valinhos criou comissão para analisar autenticidade das assinaturas do abaixo assinado que requer revisão do salário do prefeito.  O transporte coletivo de Valinhos, os ônibus terão ar condicionado.
O resgate dos adolescentes e do professor da Tailândia, repercutiu em boa parte do mundo, que ao final foi positivo. Deram uma lição de vida e no meu ponto de vista o que chamou atenção foi a calma, a seriedade e a alegria que transmitiam para os mergulhadores, voluntários e familiares, durante todo o caos que vivenciaram.  O craque português Cristiano Ronaldo, contratado pela Juventus da Itália, pelo valor de 507 milhões de reais, causou uma situação inusitada em uma das fábricas FIAT na Itália. O sindicato especulou fazer 02 dias greves, pois consideram uma ofensa que a empresa gaste este valor na contratação do craque, enquanto nos últimos anos a empresa prega austeridade aos seus funcionários. No fim a greve não prosperou.
Falando sobre a criação de mais 300 municípios, serão mais 300 prefeitos, suponho no mínimo 1.500 vereadores, construção de prédios para abrigar toda estrutura burocrática. Será que existe dinheiro para tudo isso? Lógico que não!
Pasmem cidadãos valinhenses, também existe projeto de lei para que as prefeituras com queda da receita e gastos com servidores, fiquem isentos de restrições da lei de responsabilidade fiscal e possam até receber dinheiro do governo federal para obras.
Vários economistas estão preocupados que tais medidas tem o intuito de acomodar interesses agora, e não pensam nos próximos anos do impacto disto. Todos os políticos estão cientes que a saúde financeira de nosso Brasil está delicada, mas não estão nem aí para isso.
E o que dizer do desembargador que pediu para liberar o ex-presidente, pelo fato de ser candidato ao cargo de Presidente da República! Se esta moda pega, todos os presos poderiam pedir ao seu advogado para ingressarem com "habeas corpus", pois apareceu uma "nova vontade" em suas vidas...também querem se candidatar a Governador, ou Deputado ou até a Presidente. Realmente a situação política e jurídica de nosso Brasil, além de delicada está ficando perigosa e ridícula.
O Prefeito da cidade do Rio de Janeiro Sr. Crivella passou por uma situação delicada, devido a divulgação de um áudio, onde em uma reunião secreta denominada "café da comunhão", com pastores e líderes religiosos, ofereceu ajuda aos que tem problema com IPTU ou queiram auxiliar fiéis que necessitem de cirurgias de cataratas e varizes.
O transporte coletivo de Valinhos, que há décadas foi prestado pela Rápido Luxo Campinas e no final de 2016 começou a ser administrado pela empresa SANCETUR, iniciou a prestação de serviços com 50% de ônibus novos, e a partir deste mês troca a frota por novos ônibus todos com ar condicionado, dando mais conforto e respeito aos usuários.
Realmente muita coisa ocorreu nesta copa do mundo de futebol da Rússia.

Edmilson Barbarini, bacharel em Ciências Contábeis, servidor público municipal, membro do Conselho de Administração do VALIPREV
 

Edmilson Barbarini

Edmilson Barbarini é servidor público municipal, bacharel em ciências contábeis.