Tchau Valinhos! Tchau Brasil!

O Brasil há décadas ficou conhecido por uma famosa frase: "Brasil, um país do futuro". Pelo fato de ser um país lindo, maravilhoso, de riquezas naturais, do jeito de vida simples e feliz dos brasileiros. Hoje o gigante adormecido cansou de ser chamado do país do futuro. O povo está exausto de ver que o futuro acontece, mas não dá forma que estudaram, dedicaram, investiram e trabalham. Isto se deve a quatro importantes fatores: a crise econômica, os escândalos de corrupção, a violência urbana e o elevado custo de vida. Passada décadas, esta frase é insegura para muitos brasileiros porque simplesmente desacreditaram do Brasil, ficaram cansados de ser o futuro, que não acontece. Nosso país está um caos! Um verdadeiro caos principalmente devido às corrupções em todas as esferas da política, e atinge até o Poder Judiciário, onde não se pode confiar no veredito do Juiz, já que a corrupção chegou à mesa de alguns juízes. Esses fatores fazem que famílias brasileiras, reflitam e programem sua mudança do Brasil para Europa, Ásia e América do Norte na busca de oportunidades de uma vida melhor. Muitos brasileiros estão vendendo tudo, fazendo as malas e indo para o aeroporto apenas com a passagem de ida. O número de pessoas que estão saindo do país inesperadamente cresce cada vez mais. Segundo dados da Receita Federal, pouco mais de 18,5 mil brasileiros deixaram o país em definitivo no último ano, mais que o dobro dos quase oito mil que foram viver no exterior em 2011. Houve um aumento significativo de saídas definitivas do Brasil, estes dados revelam que famílias brasileiras estão transferindo dinheiro legalmente para outros países, com intuito de não voltarem mais ao Brasil. Cidadãos com carreiras consolidadas, casa própria e vida estável estão abrindo mão de tudo isso para morar no exterior. O índice revela que boa parte da saída de brasileiros, possuem uma situação financeira confortável e uma cultura de bom nível. Países desenvolvidos como Canadá e Austrália, têm investido em políticas de emigração de profissionais brasileiros, divulgando oportunidades de emprego. Uma das razões é que esses países precisam de mão de obra jovem, e por esta razão as famílias tem boa aceitação. Mas para entrar não é um mar de rosas, o candidato é avaliado em vários fatores: idade, formação universitária, se fala francês e inglês, se tem experiência profissional principalmente em administração, engenharia de alimentos ou ambiental, TI. O que causa grande preocupação é que devido às aberrações que acontecem em nosso país, estamos perdendo famílias, profissionais e estudantes facilmente para outros países usufruírem de seus conhecimentos e valores. Pelo que estamos vivenciando está situação se transformou em um caminho sem volta, já que muitos se mudaram para o exterior, e, quando retornam para visitar familiares, incentivam os mesmos e amigos a seguirem o seus caminhos.

Edmilson Barbarini

Edmilson Barbarini é servidor público municipal, bacharel em ciências contábeis.