Concertos reúnem 200 artistas no Castro Mendes nesta sexta e sábado

Concertos reúnem 200 artistas no Castro Mendes nesta sexta e sábado

assessoria de imprensa da prefeitura de campinas

Sob a batuta do maestro Victor Hugo Toro, perto de 200 artistas estarão no palco do Teatro Castro Mendes para homenagear o grande compositor campineiro Carlos Gomes nos concertos deste final de semana, com entrada gratuita.

As apresentações, na sexta e sábado, 15 e 16 de setembro, às 20h, irão reunir Sinfônica de Campinas, Bandinha Cênica do Conservatório Carlos Gomes, Coral Meninos Cantores de Campinas, além dos vencedores do X Concurso Estímulo para Cantores Líricos. Os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência do início dos espetáculos.

O repertório reúne árias de Carlos Gomes e a Cantata da Primavera, do também campineiro Orlando Fagnani, com letra de Léa Ziggiatti, que terá a participação da Bandinha Cênica e do grupo Meninos Cantores.
Os nomes dos ganhadores do Concurso Lírico serão anunciados ao público durante os concertos.

Carlos Gomes e Orlando Fagnani: os compositores

O reconhecimento de Carlos Gomes (1836-1896) como um compositor significativo para a música brasileira não é recente. Sua produção é grande, assim como a pesquisa desenvolvida em torno de suas composições. Desde o sucesso de sua primeira ópera, A Noite do Castello, Dom Pedro teve a intenção de enviar o músico à Alemanha para desenvolver suas habilidades musicais. Apenas após o triunfo de Joana de Flandres, o compositor sentiu-se seguro para continuar seus estudos fora do país. Chegou então à Itália, em Milão, e iniciou seus estudos com professores particulares.

Com o sucesso da estreia de Il Guarany no Teatro alla Scala de Milão, um dos mais importantes espaços de performance operística mundial, o compositor recebeu seu diploma do conservatório da cidade. Viveu grande parte de sua vida na cidade italiana e conseguiu divulgar parte da cultura brasileira em uma cidade europeia. Talvez não pudesse recriar uma arte distante da música estruturada a partir de uma linguagem como a de Verdi e disseminar um olhar inteiramente nacionalista. Entretanto, pôde, a partir das ferramentas que possuía, dar visibilidade a uma cultura distante de um povo que se posicionou como centro cultural de produção musical operística e "isso é extremamente louvável", observa o pesquisador Leonardo Augusto Cardoso de Oliveira.

Também natural de Campinas, Orlando Fagnani (1922-1977) trabalhou por 50 anos no Conservatório Carlos Gomes. Entre suas composições estão duas cantatas: a que será apresentada neste concerto e outra de Natal. Também compôs músicas para piano, canto coral, música de câmara e orquestra. Aos sete anos, inicia seus estudos musicais e durante sua trajetória profissional, apresentou-se em vários palcos, inclusive ao lado de Niza Tank. Sua Cantata da Primavera foi escrita em 1969 e a letra é de Léa Ziggiatti. A primavera, como o próprio título traz, é o mote da obra. Segundo o musicólogo Leonardo, "há uma tentativa de composição descritiva, que narra a transição do inverno para a primavera. Notamos desde momentos em que a estação é anunciada até sua celebração em sua chegada".

Programa

ANTONIO CARLOS GOMES (Campinas, 1836 - Belém, 1896)
Il Guarany - Protofonia

ORLANDO FAGNANI (Campinas, 1922 - Campinas, 1977)
Cantata da Primavera

ANTONIO CARLOS GOMES (Campinas, 1836 - Belém, 1896)
Colombo – Nell Isola
Lo Schiavo – Hino della Libertá
Lo Schiavo – Recitativo ed Aria – O ciel di Parahyba
Colombo – Recitativo ed Aria – Vittoria! Vittoria
Maria Tudor – Recitativo ed Aria – Ogni rumor di passi
Lo Schiavo – Recitativo ed Aria – All’istante partir di qui vorrei...Quando nascesti tu
Il Guarany – Recitativo ed Aria – Vanto io pur
Lo Schiavo – Recitativo ed Aria – Sospettano di me… Sogni d'amor
Salvator Rosa – Recitativo ed Aria – Il foglio io segneró… Di sposo di padre

Serviço

Orquestra Sinfônica de Campinas
Victor Hugo Toro, regente
Bandinha Cênica do Conservatório Carlos Gomes
Coral Meninos Cantores de Campinas
Solistas vencedores do X Concurso Estímulo para Cantores Líricos
Quando:
sexta, 15 de setembro, 20h
sábado, 16 de setembro, 20h
Onde: Teatro Castro Mendes (Praça Correa de Lemos, s/n. Vila Industrial. Campinas). Telefone (19) 3272-9359.
Entrada gratuita. Os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência do início dos espetáculos.