Trump diz que EUA podem conseguir acordo comercial com China em breve

Trump diz que EUA podem conseguir acordo comercial com China em breve

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou hoje (14) que seu país poderia conseguir em breve um acordo comercial com a China, depois que Pequim anunciou que sua produção industrial desacelerou e decidiu suspender as tarifas adicionais a produtos norte-americanos.

"A China acaba de anunciar que sua economia está crescendo mais lentamente que [o] antecipado devido à nossa guerra comercial com eles. Acabam de suspender os aumentos de tarifas aos EUA. Os Estados Unidos estão indo muito bem. A China quer um tratamento grande e global. Pode acontecer, e muito em breve!", tuitou o líder.

O Escritório Nacional de Estatísticas da China informou que a produção industrial do país cresceu 5,4% em estimativa anual em novembro, cinco décimos a menos que o número alcançado um mês antes.

O índice ficou muito abaixo das previsões da maioria dos analistas, que destacam que o crescimento tinha passado de 5,8% para 5,9% em outubro e que os 5,4% de novembro representam o pior dado em 33 meses.

Essa redução corresponde a um período de plena guerra comercial entre China e Estados Unidos, já que apenas no início de dezembro os líderes de ambos os países, Donald Trump e Xi Jinping, estabeleceram uma trégua durante a Cúpula dos Líderes do G20, na Argentina.

Por outro lado, o Ministério das Finanças da China anunciou que o país asiático suspenderá as tarifas adicionais para veículos e autopeças fabricados nos Estados Unidos durante três meses a partir de 1º de janeiro de 2019.

 

da Agência Brasil