Festival encerra atividades do Projeto Janela Aberta em 2017

Festival encerra atividades do Projeto Janela Aberta em 2017

Da Redação

Crianças e adolescentes fizeram diversas apresentações para o público presente
Crianças e adolescentes fizeram diversas apresentações para o público presente

Da Redação

Com o tema: Declaração Universal dos Direitos da Criança, o Projeto Janela Aberta da Casa da Criança e do Adolescente realizou no último sábado, 11, o Festival de Encerramento de 2017.Na quadra poli esportiva do Projeto, os alunos se revezaram no palco, com danças e cantos, envolvendo as turmas do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, parceria com a Prefeitura de Valinhos e a cargo do professor Douglas Moreira.

Na sequência o grupo de violão do professor Paulo Bergamini encantou o público presente com apresentações dos alunos. Outro grupo foi da Escola de Inglês Michigan, da professora Karine, seguindo-se uma apresentação especial do Grupo de Dança de Rua do Centro Cultural Vicente Musselli.

O ballet das duas turmas manhã e tarde, orientados pela professora Alessandra Pozzuto, deu um show, com grande coordenação de movimentos de muita beleza e graça.

A novidade foi a presença do jovem voluntário Lucas Pontes, que através de seu trabalho tem possibilitado às crianças, o acesso à música de qualidade, com diversos instrumentos, despertando habilidades e interesses.

O presidente da Casa da Criança, Anélio Zanuchi, fez questão de salientar que o projeto Janela Aberta é o único Ponto de Cultura de Valinhos reconhecido pelo Ministério da Cultura e, que ao longo  dos últimos 10 anos, vem se desenvolvendo com apoio da Prefeitura através da Secretaria de Cultura, Secretaria de Esportes e Voluntários que promovem mais de 20 oficinasgrátis para as crianças, jovens e adultos desta comunidade."Estou feliz em ver o crescimento do programa e especialmente o que estamos oferecendo às nossas crianças. Aqui no Projeto Janela Aberta crianças vem e vão, sempre certos de que aqui será sempre o espaço de proteção, acolhimento, arte, educação e cultura. Aqui é um espaço que transforma a criança e o adolescente em protagonistas de uma história de sucesso, superação e solidariedade", afirmou.